Nada pior do que ficar sem bateria nos momentos mais importantes, não é mesmo? Para evitar esse problema — ou pelo menos diminuir a sua incidência — é essencial tomar alguns cuidados ao carregar o celular.

Mas cuidado! Determinadas atitudes tomadas com o objetivo de melhorar a autonomia do smartphone podem ter o efeito contrário, contribuindo para diminuir a vida útil da bateria.

Quer saber como carregar o celular de forma prática, rápida e segura, maximizando a durabilidade e evitando hábitos prejudiciais ao aparelho? Confira as dicas a seguir.

1. Utilize carregadores de boa qualidade

Os carregadores originais, da mesma marca do celular, são os mais indicados para a recarga. Entretanto, como eles geralmente são mais caros, alguns usuários optam por modelos genéricos, com preços mais em conta.

Essa escolha, no entanto, pode ser arriscada, principalmente quando se usa produtos falsificados, que não carregam adequadamente e podem danificar o celular, além de aumentarem os riscos de explosões.

Os carregadores de outras marcas também funcionam, mas você deve dar preferência aos modelos originais, para uma melhor performance e segurança.

2. Carregue no modo avião

Além da autonomia da bateria, algo que também incomoda é a demora para a carga chegar aos 100%. Mas existe uma maneira de carregar o celular mais rápido: ativando o modo avião.

Fazendo isso, alguns recursos são desligados e o dispositivo não precisará distribuir energia entre várias funcionalidades, tornando a recarga mais eficiente. O problema é que com a função ativada, você não consegue fazer ou receber ligações, enviar SMS, acessar a internet nem usar o Bluetooth.

Para carregar celular Android no modo avião, você precisa tocar no topo da tela, arrastando-a para baixo, e habilitar a função no ícone do avião. Outra opção é ir ao menu “Configurar”, depois “Mais” e mudar a chave de posição. Agora é só plugar o carregador na tomada.

Já no iPhone, abra a Central de Controle, deslizando o dedo da parte inferior da tela de início para cima e toque no ícone do avião, ou vá ao menu Ajustes > Modo Avião e toque no controle deslizante.

3. Desligue o celular

Não vai usar o celular enquanto ele está plugado na tomada? Então, aperte o botão Power do aparelho e desligue-o completamente.

Dessa forma, toda a energia será acumulada na bateria, sem qualquer tipo de dispersão, e a recarga se realizará da maneira mais rápida.

Carregar o celular desligado é também uma boa para quem tem o costume de conectar o gadget ao desktop ou notebook para a recarga. É que a saída USB do computador tem uma amperagem média menor, tornando o processo lento. Mas com o smartphone desligado, a transferência de energia é mais veloz.

4. Não espere a bateria zerar

A bateria viciada era um problema comum nos celulares antigos e nos primeiros smartphones. Para evitá-la, muitos usuários deixavam o aparelho descarregar completamente para então ligá-lo na tomada.

Mas as baterias mais novas não sofrem com o problema da memória, ou seja, não é preciso esperar o nível de energia do celular chegar a 0% para recarregá-lo.

Para aumentar a vida útil da bateria, o ideal é manter o nível de carga entre 20% e 80%. E se precisar fazer pequenas cargas ao longo do dia, para tanto, não há problema.

5. Use um power bank

Anda sempre conectado e gosta de registrar todos os momentos com o celular? Nesse caso, outra solução interessante é usar um power bank, acessório indispensável para quem ama mobilidade.

Trata-se de um carregador portátil que oferece independência das tomadas e garante uma maior autonomia, permitindo aumentar a duração da bateria a qualquer hora, com muita segurança e praticidade.

Usando esses truques não vai faltar bateria para tirar fotos durante sua viagem, gravar vídeos, enviar aquela mensagem importante, checar e-mails do trabalho, etc. E você ainda pode conservar o celular, evitando hábitos que acreditava serem corretos.

Gostou das dicas para carregar o celular? Assine a nossa newsletter e receba, em sua caixa de entrada, mais posts com as últimas novidades sobre o universo dos dispositivos móveis.