Por mais que as tecnologias mobile estejam em constante evolução, lançando modelos de smartphones modernos, cheios de recursos e ferramentas inteligentes, a questão da qualidade da bateria continua sendo um detalhe inconveniente que insiste em não receber a devida atenção dos fabricantes.

A maioria das baterias dos modelos de celulares atuais têm um tempo de duração e de vida útil questionável, e apesar delas já serem produzidas com um determinado número de ciclos de carga e descarga pré-estabelecido, os usuários não contam com meios precisos para realizar este controle.

Infelizmente, isso pode resultar em “surpresas” desagradáveis em momentos que menos se espera. Portanto, no artigo de hoje mostraremos alguns sinais para que você identifique se seu celular está com a bateria viciada. Continue a leitura para conferir!

1. Tempo de duração

Certamente, este é o sinal mais evidente de todos. Basta dar uma atenção especial ao tempo em que o medidor de energia do smartphone é reduzido, a partir do momento em que a bateria atinge seu nível máximo de carga, claro que com o mínimo de interferência do usuário.

Fique de olho no indicador de porcentagem de carga, pois quando o nível cai mais do que 2% apenas de uma vez é sinal de que seu celular está com a bateria viciada, principalmente se aplicativos pesados não estiverem rodando no momento.

Caso seu dispositivo não tenha esse indicador, baixe um widget ou aplicativo capaz de exibir o número.

2. Códigos internos de diagnóstico do aparelho

iOS

No caso dos dispositivos móveis da Apple, utilize o recurso iBackupBot, uma ferramenta gratuita que pode ser baixada para Windows e MAC OS X 10.5 ou superior.

Primeiro, conecte o aparelho em uma porta USB do computador e abra o software. Você verá uma lista de dispositivos intitulada por “Devices”, então selecione o seu gadget. Depois clique em “More Information” e tenha acesso a informações minuciosas sobre a bateria do celular, como o número de ciclos já usados e até mesmo a capacidade total de energia.

Lembrando que após os primeiros 500 ciclos de carga, a bateria perde aproximadamente 20% de sua capacidade.

Android

Caso você seja um usuário do sistema Android, para checar se o celular está com a bateria viciada, abra o discador do aparelho e digite o seguinte código:

  • *#*#4636#*#*

Assim que o código terminar de ser digitado, instantaneamente um menu secreto se abrirá na tela do aparelho, conhecido como “Testing” ou “Testando”.

Ao acessar esse menu, toque em “Informações da Bateria” e obtenha dados precisos sobre a saúde da bateria, incluindo sua integridade, tempo em atividade desde a última inicialização, temperatura, entre outras informações.

3. Sinais visuais

Uma bateria viciada apresenta indícios que podem ser detectados com apenas uma análise visual a olho nu, mas isso só pode ser feito com smartphones que permitem a remoção da bateria.

Desligue o aparelho, retire a tampa traseira, remova a bateria e comece a analisar sua estética. Sinais como ferrugem e corrosões próximas aos terminais (dentes metálicos de contato), ou inchaços na estrutura do componente mostram que já está na hora de substituir a bateria por uma nova.

O que pode deixar uma bateria viciada?

Carregar o smartphone no computador

Não somente demora mais para atingir a carga total da bateria, como também pode danificá-la, pois as correntes oscilam entre as entradas USB, podendo causar mais aquecimento do que quando ela é carregada em uma tomada. Esse aquecimento é responsável pela redução no tempo de vida útil da bateria.

Realizar recargas longas

Deixar o aparelho recarregando a noite inteira, enquanto você dorme, é um dos fatores que pode levar a bateria a viciar. O ideal é realizar recargas de 20%. Por exemplo, quando o nível estiver em 80%, carregar até 100%. Recargas curtas evitam que ocorra o efeito da memória, muito comum em baterias de lítio.

Manusear a bateria indevidamente

Para finalizarmos, vale ressaltar que os celulares atuais não devem ser descarregados até 0% e, sempre que possível, deve-se evitar utilizar o aparelho enquanto ele está carregando.

Agora que você já conhece os principais sinais de que o celular está com a bateria viciada, aproveite para seguir as nossas redes sociais e acompanhar mais conteúdos exclusivos! Estamos no Facebook e no Instagram.